PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Dona da Centauro assume operação da Nike no Brasil e será distribuidora exclusiva

Reprodução/Nike
Imagem: Reprodução/Nike

Peter Frontini

São Paulo

06/02/2020 11h41

O Grupo SBF, dono da loja de esportes Centauro, comprou as operações da marca esportiva Nike no Brasil por R$ 900 milhões. O acordo prevê exclusividade do uso da marca no país por 10 anos. A transição deve ser concluída em meados do ano e está sujeita a aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

As ações do Grupo SBF disparavam 12,94%, a R$ 48,95, por volta das 17h30 desta quinta-feira, após o anúncio do negócio.

Além do Grupo SBF, a norte-americana também fechou acordo com o Grupo Axo, que assumirá as operações da empresa na Argentina, Chile e Uruguai.

Nike teve receita de R$ 2 bilhões

A Nike do Brasil teve receita operacional líquida de cerca de R$ 2 bilhões no ano fiscal encerrado em 31 de maio de 2019.

"A Nike gerencia negócios de distribuição de sucesso em todo o mundo, e a expansão deste modelo na América do Sul ajudará a impulsionar um crescimento sustentável e rentável", informou o presidente de marketplace e negócios ao consumidor da Nike, Eliott Hill, em comunicado.

O Grupo SBF informou que financiará o valor e que contratou Santander Brasil, Itaú BBA e Bradesco BBI para estruturar e implementar o financiamento.

10 anos de comércio eletrônico e 5 de lojas físicas

O acordo também contempla a operação de comércio eletrônico da empresa norte-americana por 10 anos, bem como as lojas físicas da marca Nike durante um período inicial de cinco anos, segundo fato relevante.

O acordo faz parte da migração pela Nike de seus negócios na América do Sul para parcerias estratégicas, a fim de adotar um modelo de negócios que considera mais lucrativo, eficiente em termos de capital e com valor agregado.

Como resultado das transações, durante o terceiro trimestre do ano fiscal de 2020, a Nike disse que reconhecerá uma perda única e não recorrente relacionada para câmbio de aproximadamente US$ 425 milhões.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Empresas oferecem test-drive de sapato e apartamento

UOL Notícias