PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Turquia pede que bancos privados façam mais para ajudar a combater o coronavírus

12/04/2020 13h59

ISTAMBUL (Reuters) - A Turquia pediu aos bancos privados neste domingo que façam mais para ajudar os clientes afetados pelo impacto econômico do coronavírus, dizendo que os bancos estatais ofereceram atrasos nos pagamentos dos empréstimos.

"Enquanto nossos bancos estatais estão apoiando nossos cidadãos com todos os recursos que eles têm, estamos profundamente tristes com a atitude dos bancos privados", disse o ministro das Finanças, Berat Albayrak, em um vídeo publicado no Twitter.

O Ziraat Bank, o Halkbank e o VakifBank, de propriedade do Estado, permitiram que os clientes atrasassem os pagamentos de empréstimos e dívidas de cartão de crédito no valor de mais de 60 bilhões de liras (9 bilhões de dólares), disse Albayrak.

"Mais uma vez convido os bancos privados a fazer parte de nossa unidade e solidariedade durante esses tempos com suas atitudes", afirmou ele, sem identificar os bancos privados pelo nome ou especificar quais ações ele esperava que eles adotassem.

Mais de 1.000 pessoas foram mortas pelo coronavírus na Turquia. Os turcos receberam orientação de que ficassem em casa e se isolassem, mas algumas pessoas ainda vão trabalhar enquanto o presidente Tayyip Erdogan procura sustentar a produção e as exportações econômicas.

(Por Ezgi Erkoyun)

PUBLICIDADE