PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Ações de farmacêutica Gilead disparam com expectativa sobre droga contra Covid-19

17/04/2020 17h50

Por Manas Mishra

BANGALORE, Índia (Reuters) - As ações da farmacêutica Gilead subiram quase 10% nesta sexta-feira, após notícia de que pacientes de Covid-19 tratados com uma droga experimental da companhia, remdesivir, mostraram rápida recuperação dos sintomas de febre e problemas respiratórios em testes clínicos.

Atualmente não há tratamentos ou vacinas aprovados contra o coronavírus, que infectou mais de 2 milhões de pessoas no mundo, segundo cálculos da Reuters. O remdesivir é um entre vários tratamentos que conseguiram capturar atenção dos investidores.

Mas analistas e a empresa fizeram alerta sobre conclusões em relação à notícia publicada no site especializado STAT. A Gilead disse que todos os dados do teste precisam ser analisados e que espera publicar resultados da pesquisa com pacientes graves no fim de abril, além de dados sobre outros testes em maio.

A notícia afirma que hospital da Universidade de Medicina de Chicago estava registrando rápidos retrocessos em sintomas de febre e respiratórios de pacientes de Covid-19 em uma pesquisa em que a droga da Gilead foi utilizada.

"Apesar da notícia pintar um quadro bonito, acreditamos que a publicação mostra falta de análise crítica", disse o analista Brian Skorney, da Baird.

Skorney afirmou que investidores que buscam uma conclusão definitiva provavelmente vão se decepcionar uma vez que o estudo não tem grupo de controle.

As ações da Gilead, que acumulam valorização de 17,8% este ano, fecharam esta sexta-feira em alta de 9,7%.

"Sem dúvida haverá anúncios de cautela emitidos por várias autoridades científicas sobre a validade do conjunto parcial de resultados de um teste pequeno", disse Jeffrey Halley, analista da OANDA.

(Por Manas Mishra)