PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

BP revisa negócio de US$5,6 bi no Alaska após "crash" do petróleo

27/04/2020 16h09

(Reuters) - A petroleira BP anunciou nesta segunda-feira que alterou termos financeiros da venda de seus negócios no Alaska --avaliados em 5,6 bilhões de dólares-- para a Hilcorp Energy após a recente queda nos preços do petróleo, o que pode levar a um aumento de caixa aquém do esperado inicialmente.

O novo acordo mantém o preço original da venda, mas prevê financiamento pelo vendedor, pagamentos menores em 2020 e compartilhamento de fluxo de caixa no curto prazo, disse a companhia britânica.

A nova estrutura, no entanto, deve manter "a maior parte do valor da transação", de acordo com comunicado da BP.

Detalhes sobre os prazos de pagamento ou valores do financiamento não foram informados. A BP deve divulgar seu balanço do primeiro trimestre na terça-feira, podendo então fornecer detalhes adicionais, disse uma porta-voz.

A Hilcorp, empresa de capital fechado, se recusou a comentar sobre os novos termos, incluindo o financiamento da BP no acordo.

"Nas próximas semanas, continuaremos trabalhando com a BP, com o Estado do Alaska e com outros para garantir um processo de transição sem interrupções à medida que concluirmos essa transação", disse o presidente da Hilcorp, Jason Rebrook, em comunicado.

(Reportagem de Tanishaa Nadkar em Bengaluru, Ron Bousso em Londres e Gary McWilliams em Houston)