PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Wall St tem 2ª queda semanal consecutiva com declínio em setor de tecnologia

11/09/2020 17h19

Por Chuck Mikolajczak e Herbert Lash

NOVA YORK (Reuters) - O Nasdaq recuou e o S&P 500 encerrou perto da estabilidade nesta sexta-feira, com a alta de mais cedo em ações de tecnologia e de empresas que crescem mais que a média do mercado perdendo força, ao fim de uma semana em que os três principais índices de Wall Street marcaram o segundo declínio semanal consecutivo.

Depois de atingir um recorde de 61,86 dólares, as ações da Oracle Corp caíram com o resto do setor de tecnologia, que recuou 0,75%. O balanço trimestral da empresa de serviços na nuvem superou as estimativas e sinalizou recuperação dos gastos dos clientes devido à maior demanda guiada pela tendência de trabalho em casa.

O segmento de tecnologia registrou seu quinto declínio em seis dias e a pior semana desde março, com investidores vendendo papéis de companhias como a Apple Inc, que liderou a expressiva recuperação do mercado das mínimas atingidas por causa do coronavírus em março. As ações da Apple recuaram 1,31% nesta sessão.

A trajetória de menor resistência para as ações é volátil, disse Art Hogan, estrategista-chefe de mercado da National Securities em Nova York.

"Só porque o Nasdaq caiu 10% ou 11% em três dias não significa que acabamos com o nervosismo", disse Hogan.

As chamadas growth stocks --ações de empresas que crescem mais que a média do mercado, grupo no qual se incluem muitos nomes do setor de tecnologia junto com outros que se beneficiaram das paralisações impostas pelo governo, como Amazon.com Inc-- recuaram 0,26%.

As "value stocks" --papéis de empresas consideradas subprecificadas-- subiram 0,54%. Amazon caiu 1,86%.

O índice Dow Jones encerrou em alta de 0,48%, para 27.665,64 pontos. O S&P 500 teve variação positiva de 0,05%, para 3.340,97 pontos, e o Nasdaq caiu 0,6%, para 10.853,55 pontos.