PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Recuperação industrial da China acelera em novembro com alta da demanda do consumidor e exportações

15/12/2020 07h36

Por Kevin Yao e Gabriel Crossley

PEQUIM (Reuters) - A produção industrial da China cresceu no ritmo mais forte em 20 meses em novembro, uma vez que a retomada dos gastos dos consumidores e o gradual afrouxamento das restrições contra a Covid-19 nos principais parceiros comerciais aumentaram a demanda pelos produtos do país.

A expansão da produção industrial acelerou a 7,0% em novembro na comparação com o mesmo período do ano anterior, mostraram nesta terça-feira dados da Agência Nacional de Estatísticas. Isso ficou em linha com a expectativa em pesquisa da Reuters e acima do crescimento de 6,9% de outubro.

A economia da China tem apresentado uma recuperação impressionante depois de ter ficado paralisada mais cedo neste ano devido à Covid-19, por conta principalmente de exportações robustas.

"A economia da China continuou a acelerar em todas as frentes em novembro. Esperamos que a produção permaneça acima da tendência nos próximos trimestres, mesmo que o impulso do estímulo e das exportações comece a diminuir", disse em nota Julian Evans-Pritchard, da Capital Economics.

As vendas no varejo avançaram 5% na comparação anual, pouco abaixo da expectativa de crescimento de 5,2% mas acima do aumento de 4,3% de outubro.

O investimento em ativo fixo subiu 2,6% entre janeiro e novembro sobre o mesmo período do ano anterior, contra alta de 1,8% nos 10 primeiros meses de 2020.

O investimento em ativo fixo do setor privado, que responde por 60% do investimento total, avançou 0,2% entre janeiro e novembro contra queda de 0,7% nos 10 primeiros meses do ano.