PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Preços ao produtor na China sobem em janeiro pela 1ª vez em um ano com recuperação da demanda

10/02/2021 07h30

PEQUIM (Reuters) - Os preços nos portões das fábricas da China subiram em termos anuais em janeiro pela primeira vez em um ano, depois que meses de forte crescimento industrial na segunda maior economia do mundo elevaram os custos das matérias-primas.

O índice de preços ao produtor avançou 0,3% em janeiro sobre o ano anterior, informou a Agência Nacional de Estatísticas em comunicado, ritmo mais forte de alta desde maio de 2019 mas abaixo da expectativa de 0,4% em pesquisa da Reuters com analistas. O índice havia recuado 0,4% em dezembro.

As fábricas do país apresentaram forte recuperação em 2020 devido às exportações graças à demanda global por eletrônicos e produtos de combate à epidemia, e com outras economias produtoras enfrentando lockdowns.

Mas um ressurgimento do vírus no mês passado, ainda que isolado a províncias do nordeste, levantou preocupações sobre paralisações temporárias à produção.

Já os preços ao consumidor caíram inesperadamente em deflação em janeiro. O índice de preços ao consumidor recuou 0,3% na comparação com o ano anterior, contra expectativa de estabilidade em pesquisa da Reuters e alta de 0,2% em dezembro.

A deflação foi causada principalmente por base de comparação alta um ano antes e deve ser revertida em fevereiro com a demanda do Ano Novo Lunar, disseram analistas da Capital Economics em nota. O índice deve subir cerca de 2% até o fim do segundo trimestre, disseram eles.

"Isso não deve alarmar o banco central mas dará segurança de que estão corretos em focar no controle dos riscos de crédito. Assim, achamos que o banco central irá apertar a política monetária este ano", disseram eles.

(Reportagem de Ryan Woo e Gabriel Crossley)