PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Suspensão da AstraZeneca na Alemanha pode travar recuperação, dizem economistas

Países da UE que suspenderam o imunizante da AstraZeneca estão aguardando o esclarecimento da Agência Europeia de Medicamentos - Steve Parsons/Pool/ Reuters
Países da UE que suspenderam o imunizante da AstraZeneca estão aguardando o esclarecimento da Agência Europeia de Medicamentos Imagem: Steve Parsons/Pool/ Reuters

Michael Nienaber e Rene Wagner

16/03/2021 10h17

BERLIM (Reuters) - A decisão da Alemanha de suspender a vacinação contra a Covid-19 com o imunizante da AstraZeneca pode atrasar o progresso no alcance da imunidade coletiva e adiar a tão esperada redução das medidas de restrição necessária para uma ampla recuperação econômica no segundo trimestre, disseram economistas nesta terça-feira.

A decisão do governo foi baseada em uma recomendação do Instituto Paul Ehrlich (PEI), autoridade alemã encarregada das vacinas e politicamente independente, após o registro de novos casos de uma rara trombose venosa cerebral em pacientes, incluindo três mortes.

"Do ponto de vista econômico, os problemas com a vacina da AstraZeneca chegam em um momento altamente desfavorável", disse o economista-chefe do Commerzbank, Joerg Kraemer, apontando para um número crescente de novas infecções por coronavírus na Alemanha.

A questão crucial agora é por quanto tempo o uso da vacina da AstraZeneca permanecerá suspenso, disse Kraemer.

Os países da UE que suspenderam o imunizante da AstraZeneca estão aguardando o esclarecimento da Agência Europeia de Medicamentos, que deve dar uma coletiva de imprensa nesta terça-feira.

"Se não for mais permitido usá-la de forma permanente, o ponto que a Alemanha alcançará a imudade coletiva será adiado em um a dois meses", disse Kraemer.

Nesse cenário, os políticos provavelmente teriam que frear qualquer outra medida de alívio das restrições, o que pode adiar a recuperação econômica, completou.

PUBLICIDADE