PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Ibovespa renova máxima da sessão após Fed, aguarda Copom

17/03/2021 15h54

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa ampliou a alta na tarde desta quarta-feira, renovando a máxima da sessão, após o Federal Reserve projetar rápido salto no crescimento econômico dos Estados Unidos este ano, mas repetir a promessa de manter meta de juros próxima de zero nos próximos anos.

Às 15h32, o Ibovespa subia 1,31%, a 115.517,13 pontos. No melhor momento, chegou a 115.782,23 pontos. O volume financeiro totalizava 21,5 bilhões de reais.

A melhora no cenário econômico do Fed não alterou imediatamente as expectativas das autoridades em relação aos juros. Sete de 18 autoridades agora esperam alta em 2023, contra cinco em dezembro. Quatro acham que pode ser necessário aumentar os juros já no próximo ano, contra zero em dezembro.

O chair do Fed, Jerome Powell, faz entrevista coletiva neste momento para discutir o resultado da última reunião de política monetária.

Investidores da bolsa paulista ainda aguardam a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), após o fechamento, quando Banco Central deve promover a primeira alta em quase seis anos da taxa básica de juros, atualmente em 2% ao ano.

O Credit Suisse, que estima que a Selic subirá em 0,5 ponto percentual, destaca que o comunicado pode esclarecer o quão deteriorado o BC considera o balanço de riscos para a inflação, se ainda vê os choques inflacionários como temporários, e se os a taxa de juros deve ser normalizada, mas apenas parcialmente.

Na visão do diretor de investimentos da BS2 Asset, Mauro Orefice, porém, a alta da Selic não muda muito a perspectiva (positiva) de longo prazo para a bolsa. "Nenhum analista fazia valuation olhando Selic a 2%", afirmou, atribuindo a fraqueza recente a outras variáveis, entre elas questões políticas.

(Por Paula Arend Laier,)