PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

BNDES não venderá ações em meio à capitalização da Eletrobras, diz diretor

"Nosso foco é realizar a capitalização para que a Eletrobras pague a sua descotização", afirmou Cabral - Reprodução
'Nosso foco é realizar a capitalização para que a Eletrobras pague a sua descotização', afirmou Cabral Imagem: Reprodução

Rodrigo Viga Gaier

No Rio de Janeiro

13/05/2021 16h36Atualizada em 13/05/2021 17h01

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) não pretende vender as ações que possui da Eletrobras em meio ao processo de capitalização da estatal, disse hoje o diretor de Privatizações da instituição, Leonardo Cabral.

"O BNDES hoje não está trabalhando nem avaliando a hipótese de vender ações em conjunto com a oferta de ações. Nosso foco é realizar a capitalização para que a Eletrobras pague a sua descotização", afirmou Cabral.

Com os recursos levantados, a Eletrobras poderá pagar uma outorga ao governo que permitirá a renovação de contratos com hidrelétricas, permitindo a chamada descotização.

Segundo Cabral, o BNDES espera que a operação de capitalização da elétrica esteja pronta para ir a mercado até o final deste ano, com expectativa de que a transação ocorra entre dezembro de 2021 e o início de 2022.

"Aguardamos a aprovação até junho, para ter a aprovação nas duas casas (Câmara e Senado). Com isso, a gente conseguiria ter uma transação não finalizada, mas pronta para ir a mercado até o fim de 2021", declarou.

"Buscamos uma janela de mercado e precificar entre dezembro deste ano e fevereiro de 2022."