PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Governo segura MP sobre racionamento até votação da privatização da Eletrobras, diz líder

Líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, afirmou que, por se tratar de tema correlato, a edição da MP agora poderia influenciar na votação da privatização - Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, afirmou que, por se tratar de tema correlato, a edição da MP agora poderia influenciar na votação da privatização Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Lisandra Paraguassu

Da Reuters, em Brasília

16/06/2021 10h16Atualizada em 16/06/2021 10h35

O governo decidiu esperar a votação da Medida Provisória da privatização da Eletrobras, marcada no Senado para esta quarta-feira, antes de editar a MP que pode autorizar o racionamento de energia e outras medidas para controle da crise energética, disse o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR).

Em entrevista à Reuters nesta quarta-feira, Barros afirmou que, por se tratar de tema correlato, a edição da MP agora poderia influenciar na votação da privatização.

De acordo com fonte ouvida pela Reuters, o governo ainda negocia também os termos da MP do racionamento.

Um dos temas sendo discutidos é a possibilidade de retirar do texto a autorização expressa para que o comitê que tratará da crise energética, também a ser criado pela MP, possa decretar o racionamento compulsório de energia.