PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Ações europeias caem 2% e registram mínimas em uma semana com perdas em tecnologia

28/09/2021 14h03

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias recuaram para a mínima em uma semana nesta terça-feira, uma vez que a alta nos rendimentos dos títulos do governo derrubou os papéis de tecnologia, de alto crescimento, com novos sinais de desaceleração na economia da China pesando sobre o sentimento do consumidor.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 2,07%, a 1.748 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 2,18%, a 452 pontos, maior queda diária em mais de dois meses, uma vez que o salto nos rendimentos dos Treasuries sinalizou que os investidores estão se preparando para juros mais altos e o risco de inflação persistente.

As ações de tecnologia caíram 4,8% e foram ao nível mais baixo em dois meses depois que seus pares de Wall Street deram continuidade a uma liquidação. Elas são particularmente sensíveis às expectativas de aumento de juros já que seu valor depende de resultados futuros.

Por sua vez, dados mostraram que o aumento dos lucros nas indústrias da China desacelerou pelo sexto mês em agosto, com a crise energética tornando-se uma grande ameaça para a produção e os lucros.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,50%, a 7.028 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,09%, a 15.248 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 2,17%, a 6.506 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 2,14%, a 25.573 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 2,59%, a 8.769 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,13%, a 5.388 pontos.

PUBLICIDADE