PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Opep vê mercado de petróleo bem apoiado em 2022, apesar da Ômicron

18/01/2022 11h46

Por Alex Lawler

LONDRES (Reuters) - A Opep manteve nesta terça-feira sua previsão de crescimento robusto da demanda mundial por petróleo em 2022, apesar da variante do coronavírus Ômicron e dos aumentos esperados nas taxas de juros, prevendo que o mercado de petróleo permanecerá bem apoiado ao longo do ano.

A visão otimista da Organização dos Países Exportadores de Petróleo ocorre no momento em que os preços do petróleo atingiram o maior nível desde 2014. A oferta apertada deu ímpeto ao rali, e o relatório da Opep também mostrou que o grupo não cumpriu o prometido aumento da produção de petróleo em dezembro.

Em um relatório mensal, a Opep disse que espera que a demanda mundial por petróleo em 2022 aumente 4,15 milhões de barris por dia (bpd), inalterada em relação ao mês passado. O uso de petróleo ultrapassará a marca de 100 milhões de bpd no terceiro trimestre, também em linha com a previsão do mês passado.

“Embora a nova variante Ômicron possa ter um impacto no primeiro semestre de 2022, que depende de outras medidas de bloqueio e aumento dos níveis de hospitalização que afetam a força de trabalho, as projeções de crescimento econômico permanecem robustas”, disse a Opep no relatório.

Os aumentos das taxas de juros, esperados em 2022 para conter a inflação e vistos por alguns como um risco para a demanda por petróleo, provavelmente não afetarão as perspectivas, disse a Opep. Os aumentos de juros esperados nos EUA no segundo trimestre coincidirão com a temporada de direção no hemisfério norte, o que aumenta a demanda por combustível, disse.

"As ações monetárias não devem impedir o impulso do crescimento econômico global subjacente, mas servem para recalibrar as economias que, de outra forma, superaquecem", disse a Opep.

"Espera-se que o mercado de petróleo permaneça bem apoiado ao longo de 2022."