PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Wall St tem forte queda após Rússia atacar Ucrânia

24/02/2022 11h55

Por Susan Mathew e Devik Jain

(Reuters) - Os índices de ações dos Estados Unidos caíam acentuadamente nesta quinta-feira, com papéis bancários liderando as perdas, conforme a invasão russa da Ucrânia provocava uma liquidação generalizada nos mercados globais.

Às 13:34 (de Brasília), o índice S&P 500 perdia 0,63%, a 4.199,02 pontos, enquanto o Dow Jones caía 1,84%, a 32.520,94 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,22%, a 13.066,31 pontos.

No índice S&P 500, todos os 11 principais setores estavam no vermelho, com as ações financeiras em queda de 2,9%, enquanto papéis de tecnologia e consumo discricionário cediam mais de 1% cada.

Forças russas invadiram a Ucrânia em ataques terrestres, marítimos e aéreos em massa, a maior ofensiva de um Estado europeu contra outro desde a Segunda Guerra Mundial.

A escalada do conflito abalou os mercados financeiros. Conforme as ações globais recuavam, os preços do petróleo ultrapassaram os 100 dólares por barril, enquanto o ouro, títulos do governo e o dólar, ativos considerados seguros, subiam em meio à busca dos investidores por segurança.

O índice CBOE de volatilidade, também conhecido como indicador de medo de Wall Street, era negociado a 36,81, máxima desde 24 de janeiro.

"Mesmo que a invasão não seja uma surpresa total, o mercado de ações ainda está adotando uma abordagem de venda primeiro, pergunte depois", disse Ryan Detrick, estrategista-chefe de mercado da LPL Financial.

O Dow estava a caminho de confirmar uma correção em relação a sua máxima histórica de fechamento de 4 de janeiro, atualmente cerca de 12% abaixo de seu pico recorde.