IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

México se recusa a impor sanções econômicas à Rússia

02/03/2022 08h16

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México não adotará sanções econômicas à Rússia por invadir a Ucrânia, disse o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, na terça-feira.

Ele também criticou o que chamou de censura da imprensa estatal russa por empresas de mídia social.

"Não vamos adotar nenhum tipo de represália econômica porque queremos ter boas relações com todos os governos do mundo", disse López Obrador em entrevista coletiva.

A posição de López Obrador contrasta com as amplas sanções internacionais impostas à Rússia em resposta às ações do presidente Vladimir Putin.

A Rússia construiu fortes laços com vários governos na América Latina, especialmente com administrações autoritárias em Cuba, Venezuela e Nicarágua, mas seus laços com o México são vistos como limitados devido às fortes relações Estados Unidos-México.

(Por Anthony Esposito, Ana Isabel Martinez e Daina Beth Solomon)