PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Ações da China recuam por temores sobre Covid e decepção com corte de compulsório

18/04/2022 07h46

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em queda nesta segunda-feira, com investidores decepcionados com um corte menor do que o esperado na taxa de compulsório do país, que muitos acharam que pode não ser suficiente para reverter uma forte desaceleração econômica.

Dados inesperadamente fortes do Produto Interno Bruto para o primeiro trimestre de 2022 não conseguiram impulsionar o mercado, com analistas dizendo que a questão principal é se as autoridades farão ajustes em suas duras medidas anti-Covid-19.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,5%, enquanto o índice de Xangai também teve queda de 0,5%.

O Banco do Povo da China disse na sexta-feira que reduzirá a taxa de compulsório para todos os bancos em 25 pontos-base, liberando cerca de 530 bilhões de iuanes (83,25 bilhões de dólares) em liquidez de longo prazo para amortecer a desaceleração.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,08%, a 26.799 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG permaneceu fechado.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,49%, a 3.195 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,53%, a 4.166 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,11%, a 2.693 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,62%, a 16.898 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,98%, a 3.303 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 não teve operações.

(Por Jason Xue e Andrew Galbraith)