PUBLICIDADE
IPCA
0,67 Jun.2022
Topo

Ações europeias tocam pico em mais de cinco semanas por alívio de temores com crise de energia

19/07/2022 14h14

Por Susan Mathew e Devik Jain

(Reuters) - As ações europeias atingiram máxima em mais de cinco semanas nesta terça-feira, depois que a notícia de que os fluxos de gás russo para a Europa através do gasoduto Nord Stream 1 devem ser retomados como previsto aplacou algumas preocupações sobre uma crise no fornecimento de energia ao continente. Fontes disseram à Reuters que o gasoduto, que é responsável por mais de um terço das exportações russas de gás natural para a União Europeia, deve retomar a operação na quinta-feira, mas abaixo de sua capacidade de cerca de 160 milhões de metros cúbicos por dia.

Mais cedo, o Wall Street Journal informou, citando o Comissário de Orçamento Europeu Johannes Hahn, que a Comissão Europeia não esperava que as operações do gasoduto fossem retomadas após a manutenção.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 1,38%, a 423,41 pontos, em seu patamar mais elevado desde 10 de junho e no terceiro dia consecutivo de ganhos. Fontes disseram à Reuters que as autoridades do Banco Central Europeu estão considerando aumentar os juros em 0,50 ponto percentual, mais do que o esperado, em sua reunião de quinta-feira para domar a inflação recorde. Preocupações com um impacto no crescimento econômico decorrente do rápido aperto nas condições financeiras deixam o STOXX 600 com queda de 13,2% este ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,01%, a 7.296,28 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 2,69%, a 13.308,41 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,79%, a 6.201,22 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,49%, a 21.696,20 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 2,03%, a 8.125,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,15%, a 5.976,55 pontos.