PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Produção diária de petróleo no Brasil recua 2,6% em junho, mostra ANP

20/07/2022 15h21

(Reuters) - A produção diária de petróleo no Brasil recuou 2,6% em junho, para uma média de 2,828 milhões de barris, contra 2,903 milhões no mesmo mês de 2021, mostraram dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados na terça-feira.

Em relação ao mês de maio, a queda da produção foi menor, de 1,75%.

No primeiro semestre, a produção média diária alcançou 2,939 milhões de barris, um aumento de 1,7% na comparação com a média do primeiro semestre de 2021.

No caso do gás natural, a produção caiu 2,1% em junho, a 132,9 milhões de metros cúbicos diários, contra 135,7 milhões de junho do ano passado. Na comparação com o mês imediatamente anterior, houve ligeiro aumento de 0,9%.

A soma da produção de petróleo e do gás natural resultou em uma média diária de 3,664 milhões de barris de óleo equivalente (boe) em junho, queda de 2,5% na base anual.

PRÉ-SAL AVANÇA 2,2%

O petróleo oriundo do pré-sal resultou em 2,188 milhões de barris por dia em junho, um avanço de 2,2% na comparação com a média diária de junho de 2021. Em relação ao mês imediatamente anterior, houve queda de 2,3%.

Já a produção de gás natural do pré-sal manteve-se praticamente estável, com ligeira queda de 0,3% na comparação com junho de 2021. No mês, o país produziu 90,7 milhões de metros cúbicos de gás. Em relação a maio, o recuo foi bem maior, de 4,2%.

Considerando-se o petróleo somado ao gás natural, a produção média diária do pré-sal foi de 2,759 milhões de barris, contra 2,714 milhões em junho de 2021, uma alta de 1,7%.

(Reportagem de Rafaella Barros)