IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Economia do Japão mostra recuperação modesta de impacto da Covid no 2º tri

15/08/2022 07h35

Por Leika Kihara e Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - A economia do Japão recuperou-se a um ritmo mais lento do que o esperado no segundo trimestre depois da perdas causadas pela Covid-19, mostraram dados nesta segunda-feira, destacando a incerteza sobre se o consumo crescerá o suficiente para impulsionar a recuperação.

A retomada no Japão, como em muitas outras economias, tem sido prejudicado pela guerra da Ucrânia e pelo aumento dos preços das commodities, mesmo que a alta do consumo tenha sustentado o crescimento entre abril e junho.

"O consumo e os gastos de capital continuarão a impulsionar o crescimento em julho-setembro. Mas o ímpeto pode não ser tão forte, pois a inflação crescente está esfriando os gastos das famílias", disse Atsushi Takeda, economista-chefe do Instituto de Pesquisa Econômica Itochu.

"Embora a demanda doméstica possa continuar a se expandir, a queda das exportações pode frear a recuperação do Japão", disse Takeda.

De fato, a perspectiva para o Japão tem sido afetada pelo ressurgimento das infecções de Covid, desaceleração do crescimento global, restrições de abastecimento e aumento dos preços das matérias-primas, que eleva os custos de vida das famílias.

A terceira maior economia do mundo expandiu 2,2% entre abril e junho em taxa anualizada, mostraram dados do governo, marcando o terceiro trimestre consecutivo de aumento, mas aquém das expectativas de uma alta de 2,5%.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,1% em dado revisado entre janeiro e março, quando o aumento dos casos de Covid prejudicou os gastos.