IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Preços do petróleo caem para níveis pré-crise na Ucrânia em meio a nervosismo econômico

06/12/2022 18h48

Por Shariq Khan

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em queda após negociações intensas nesta terça-feira para seus níveis mais baixos neste ano, com o Brent terminando abaixo de 80 dólares por barril pela segunda vez em 2022, enquanto os investidores fugiam do mercado volátil em uma economia incerta.

Os contratos futuros de petróleo Brent caíram 3,33 dólares, ou 4%, para 79,35 dólares o barril. Os contratos futuros do petróleo WTI caíram 2,68 dólares, ou 3,5%, para 74,25 dólares o barril, seu menor valor de fechamento neste ano.

Os preços caíram mais de 1% por três sessões consecutivas, desistindo da maior parte de seus ganhos no ano. Uma série de notícias pessimistas enervou os investidores, apesar da guerra em curso na Ucrânia e de uma das piores crises energéticas das últimas décadas.

"Foram três dias e tanto - com a Opep+ decidindo não cortar mais a produção no domingo, o início sem força do teto de preços e sanções para a Rússia ontem e uma derrota nos mercados de ações hoje, os especuladores de petróleo estão cobrando pelas saídas em meio a uma fuga de ativos de risco", disse Matt Smith, principal analista de petróleo da Kpler.

A atividade do setor de serviços na China atingiu o menor nível em seis meses, e as economias europeias desaceleraram devido ao alto custo da energia e ao aumento das taxas de juros. Os índices de referência de Wall Street também caíram nesta terça-feira devido à incerteza sobre a direção dos aumentos das taxas do Federal Reserve e mais rumores sobre uma recessão iminente.

A queda desta terça-feira foi a maior queda diária nos preços do Brent desde o final de setembro, que foram negociados na faixa de 62 dólares este ano - a maior oscilação em um único ano desde o colapso financeiro de 2008.

(Por Shariq Khan, reportagem adicional de Rowena Edwards, Muyu Xu)