IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Economia chinesa precisa de "esforços árduos" para sustentar recuperação, diz órgão de planejamento

16/12/2022 08h47

PEQUIM (Reuters) - A economia da China deve acelerar, mas são necessários "esforços árduos" para sustentar a recuperação do crescimento devido a um ambiente externo adverso e à perda de força da economia global, disse o principal órgão de planejamento do país nesta sexta-feira.

As declarações foram feitas após a divulgação de dados de atividade econômica piores do que o esperado para novembro. 

Embora a segunda maior economia do mundo deva se beneficiar do afrouxamento das restrições contra a Covid-19 anunciado na semana passada, a flexibilização abrupta das regras pode causar surtos maiores do vírus, que podem afetar empresas e consumidores.

Além da Covid-19, as autoridades também precisam conduzir a economia em meio a outros fatores negativos, principalmente a fraqueza prolongada no setor imobiliário e a moderação da demanda externa.

"Com a implementação de medidas otimizadas de prevenção e controle da Covid-19, enquanto as políticas para estabilizar a economia gradualmente entram em vigor, espera-se que o crescimento econômico da China continue acelerando", disse um porta-voz da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC).

"Ao mesmo tempo, estamos cientes de que a economia está enfrentando um ambiente externo mais complexo e severo, e enfraquecimento do impulso de crescimento para a economia global", disse o porta-voz.

"Precisamos fazer esforços árduos para promover uma recuperação econômica sustentada", acrescentaram.

A China trabalhará para estabilizar o crescimento, o emprego e os preços, acelerando a construção de projetos de infraestrutura e expandindo o investimento efetivo, disse o comunicado.

Para estimular uma economia atingida pela Covid-19, a China estabeleceu planos para expandir o consumo e o investimento doméstico, informou a mídia estatal na quarta-feira.

(Reportagem de Ellen Zhang e Ryan Woo)