IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Índice de blue chips da França impulsiona ganhos em ações europeias

15/02/2023 15h21

Por Shreyashi Sanyal e Amruta Khandekar

(Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta quarta-feira, com os ganhos das empresas de luxo empurrando o índice de blue chips da França para perto de seu nível recorde, o que compensou impacto dos temores de que dados fortes dos Estados Unidos abrirão caminho para mais aperto monetário pelo Federal Reserve.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,4%, com um salto de 1,5% na LVMH, empresa de luxo listada em Paris entre os maiores ganhos.

A principal grife do grupo francês Louis Vuitton disse na terça-feira que contratou Pharrell Williams para chefiar a direção artística de seus designs de moda masculina e analistas receberam bem a decisão.

O índice CAC 40 da França subiu 1,2% para 7.300,86 pontos, chegando perto de seu recorde histórico de 7.384,86 pontos atingido em janeiro do ano passado.

O maior varejista de alimentos da Europa, Carrefour , saltou 8,5%, para o topo do índice de blue chips, com um plano de recompra de ações acima do esperado.

Enquanto isso, uma forte recuperação nas vendas no varejo dos EUA em janeiro, seguindo os dados mistos de inflação do país, exacerbou temores de que o Fed não está perto de encerrar seus aumentos de juros que afetaram as ações no ano passado.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,42%, a 464,36 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,55%, a 7.997,83 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,82%, a 15.506,34 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,21%, a 7.300,86 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,13%, a 27.533,69 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,34%, a 9.294,80 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,18%, a 5.955,45 pontos.

(Reportagem de Shreyashi Sanyal e Amruta Khandekar em Bengaluru; Reportagem adicional de Bansari Mayur Kamdar)