IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Minerva tem prejuízo líquido de R$25,7 mi no 4ª tri, mas fecha 2022 no positivo

23/02/2023 20h29

SÃO PAULO (Reuters) -A Minerva Foods registrou prejuízo líquido de 25,7 milhões de reais no quarto trimestre de 2022, contra lucro de 150,3 milhões em igual período do ano anterior, conforme balanço divulgado nesta quinta-feira.

A companhia, que é a maior exportadora de carne bovina na América do Sul, teve recuo de 17,4% no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) do trimestre, para 607,5 milhões de reais.

Os abates do período caíram para 855,3 mil cabeças de gado, volume 4% menor que o registrado um ano antes. A companhia não detalhou as causas da redução do abate e dos rendimentos menores.

A receita líquida do último trimestre do ano passado caiu 8,9% no comparativo anual, para 6,84 bilhões de reais.

O desempenho bruto da receita foi fortemente afetado pelas operações da Minerva na América do Sul, com quedas de 42,7% na Argentina; 20,3% na Colômbia; 39,6% no Uruguai e 3,4% no Paraguai no quarto trimestre ante igual período de 2021.

O volume de vendas da companhia, no entanto, cresceu 5,3% no intervalo de outubro a dezembro do ano passado, para 303,2 mil toneladas.

Em contrapartida, todos os resultados da Minerva foram positivos para o consolidado de 2022.

O lucro líquido totalizou 655 milhões no ano, crescimento de 9,4% na comparação com 2021, enquanto o Ebitda avançou 17,6% para 2,84 bilhões de reais.

O Ebitda ajustado, contemplando a performance da aquisição da Companhia Australiana de Cordeiro (ALC, na sigla em inglês) no final do ano, totalizou 3,1 bilhões de reais.

Os abates do ano passado somaram 3,75 milhões de cabeças de gado, aumento de 5%.

"A expansão anual do abate é impulsionada pela consistente demanda internacional por carne bovina, além da crescente disponibilidade de animais prontos para o abate, especialmente no Brasil", disse a companhia em relatório.

A receita líquida do ano cresceu quase 15%, para 31 bilhões de reais.

Com isso, a Minerva irá propor à assembleia de acionistas o pagamento de dividendos complementares no valor de 208,6 milhões de reais ou 0,36 real por ação. Considerando o exercício fiscal de 2022, a distribuição de proventos deve totalizar 336,7 milhões de reais ou 0,58 real por ação, com um "payout" de mais de 50%, disse a empresa.

(Reportagem de Nayara FigueiredoEdição de Alexandre Caverni e André Romani)