IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Stellantis fica cautelosa com perspectivas após receita maior no 1º tri

03/05/2023 09h48

Por Giulio Piovaccari e Gilles Guillaume

MILÃO (Reuters) - A Stellantis disse nesta quarta-feira que melhorias no fornecimento de chips e aumentos de preços impulsionaram a receita no primeiro trimestre, mas o grupo automotivo foi cauteloso quanto às perspectivas para o restante do ano, já que os estoques de veículos estão crescendo.

O diretor financeiro, Richard Palmer, que deixará a terceira maior montadora do mundo em vendas no final de junho ao ser substituído por Natalie Knight, disse que a empresa espera um crescimento de meio dígito este ano.

"É um pouco cedo para mudar qualquer uma de nossas previsões para o ano inteiro", disse ele. "Claramente a situação macroeconômica ainda é complexa."

As ações da Stellantis caíram 1,8% às 7h30 (horário de Brasília), colocando-a entre as empresas de pior desempenho no mercado acionário italiano.

Os estoques totais da montadora subiram para cerca de 1,3 milhão de veículos no final de março.

A analista do Banca Akros, Gabriele Gambarova, disse que os preços médios de venda dos veículos da Stellantis na América do Norte caíram 0,7% no primeiro trimestre, o primeiro declínio ano a ano em uma década, acrescentando que isso "pode colocar algumas dúvidas sobre a sustentabilidade das margens nesta importante região".

No primeiro trimestre, a receita líquida da Stellantis cresceu 14%, para 47,2 bilhões de euros, com vendas maiores, impulsionadas por melhora no fornecimento de componentes eletrônicos e por aumentos de preços dos veículos.

As vendas consolidadas cresceram 7%, para cerca de 1,48 milhão de unidades.

A companhia confirmou previsão de margem de dois dígitos no lucro operacional ajustado e geração de caixa positiva este ano.