IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Juiz dos EUA diz que aliança entre American Airlines e JetBlue precisa acabar

19/05/2023 19h07

Por Diane Bartz e David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - Um juiz dos Estados Unidos decidiu nesta sexta-feira que a American Airlines precisa encerrar sua aliança com a JetBlue Airways, concordando com o Departamento de Justiça norte-americano que a parceria resulta em preços mais altos para os consumidores.

O anúncio é uma vitória para o governo Biden, que tem adotado uma postura rígida em relação à consolidação e parcerias no setor de aviação.

As companhias aéreas não comentaram de imediato. As ações da JetBlue caíram 1,8%, enquanto as da American fecharam em baixa de 1,5%.

O juiz federal Leo Sorokin disse que o acordo "envolve a JetBlue com a American de uma maneira que diminui seu status como um player independente de baixo custo no mercado." O juiz deu às companhias aéreas 30 dias para encerrarem a aliança.

O departamento abriu um processo em 2021 pedindo a Sorokin que interrompesse a parceria "Northeast Alliance", anunciada em julho de 2020 e aprovada pelo Departamento de Transporte dos EUA pouco antes do fim do governo Trump. A pasta criticou a American Airlines, dizendo que a aliança custaria aos consumidores centenas de milhões de dólares.