Sentimento dos investidores da zona do euro piora em setembro, mostra pesquisa

FRANKFURT (Reuters) - O sentimento dos investidores na zona euro caiu mais do que o esperado no início de setembro, uma vez que a fraqueza econômica da Alemanha continuou a ser um grande obstáculo para a região, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira.

O índice Sentix para a zona do euro caiu a -21,5 pontos para setembro, de -18,9 em agosto, mais fraco do que a estimativa de -20,0 em uma pesquisa da Reuters com analistas.

"A situação na Alemanha continua particularmente precária. Aqui estamos medindo a situação mais fraca... desde julho de 2020, quando a economia foi desacelerada pelo primeiro lockdown do coronavírus", disse o diretor-gerente da Sentix, Manfred Huebner.

"A Alemanha também está pesando fortemente na economia da zona euro como um todo... O ponto de virada para uma recessão global está menos distante do que se poderia pensar."

O subíndice de expectativas futuras da zona euro  caiu para -21,0 pontos, de -17,3 no mês anterior. O índice de situação atual caiu para -22,0 pontos, o menor nível desde novembro de 2022.

Destacando a Alemanha, Huebner disse que a "completa falta de competência econômica na liderança política e as enormes incertezas para a economia causadas pela crise energética e elétrica estão arrastando a economia alemã cada vez mais para a recessão".

Ele disse que o subíndice de situação atual da Alemanha estava no nível mais baixo desde a crise do coronavírus em julho de 2020, acrescentando que a única vez que esteve mais baixo que isso foi durante a crise financeira de 2008/2009.

A pesquisa com 1.220 investidores foi realizada entre 31 de agosto e 2 de setembro.

(Por Christoph Steitz)

Deixe seu comentário

Só para assinantes