Produção industrial da zona do euro cai mais do que o esperado em julho

BRUXELAS (Reuters) - A produção industrial da zona do euro caiu muito mais do que o esperado em julho, mostraram dados nesta quarta-feira, destacando as revisões para baixo do crescimento econômico para este ano nas previsões da Comissão Europeia.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, afirmou que a produção industrial nos 20 países que compartilham o euro caiu 1,1% em julho em relação ao mês anterior, registrando um declínio anual de 2,2%.

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma queda mensal de 0,7% e uma redução anual de 0,3%.

Os números mais fracos do que o esperado foram resultado de quedas acentuadas na produção de bens de capital e bens de consumo duráveis em relação ao mês anterior e de bens de consumo duráveis, energia e bens intermediários na comparação com o ano anterior.

A Comissão Europeia disse na segunda-feira que a demanda do consumidor continuou a ser afetada pela inflação elevada, enquanto as exportações da zona do euro sofreram com a demanda externa mais fraca, principalmente da China.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

Deixe seu comentário

Só para assinantes