Wall St avança com dados mistos sobre inflação nos EUA que alimentam expectativas de pausa nos juros

Por Ankika Biswas e Shristi Achar A

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam ligeiramente nesta quarta-feira, uma vez que dados que mostram um aumento moderado nos preços ao consumidor em agosto aumentaram as expectativas de que o Federal Reserve possa deixar a taxa de juros inalterada em sua reunião de política monetária de setembro.

A inflação dos preços ao consumidor ficou em linha com as expectativas a uma taxa de 0,6% em agosto, em comparação com um aumento de 0,2% em julho, mas o núcleo da inflação aumentou mais do que o esperado no mês passado, 0,3%.

Na base anual, o índice de inflação subiu ligeiramente mais do que o esperado, 3,7% em agosto, em comparação com um aumento de 3,2% em julho.

"A inflação já está contida, de modo que esses números mensais são mais ruídos", disse Jay Hatfield, presidente-executivo da Infrastructure Capital Management.

Operadores veem uma chance de 97% de o Fed manter os juros em setembro e uma probabilidade próxima de 58% de uma pausa em novembro, de acordo com a ferramenta FedWatch do CME.

O Fed deve cortar a taxa de juros apenas no segundo trimestre do próximo ano, segundo uma pesquisa da Reuters.

As principais ações de crescimento das megacaps estavam mistas, com a Tesla e a Meta subindo 1,9% e 1,2%, respectivamente, enquanto a Apple e a Alphabet perdiam 0,6% e 0,4%.

Os investidores agora se concentrarão nos dados de preços ao produtor e vendas no varejo de agosto, na quinta-feira, antes da decisão do Fed em 20 de setembro.

Continua após a publicidade

Às 11:10 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,07%, a 34.670,23 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,06%, a 4.464,71 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,05%, a 13.780,91 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes