Ações europeias sobem com impulso de varejo e setor de saúde antes de decisão do Fed

Por Ankika Biswas e Bansari Mayur Kamdar

(Reuters) - O índice referencial das bolsas de valores da Europa subiu nesta quarta-feira, liderado por ações do setor de saúde e de varejo, com investidores se preparando para a decisão de política monetária do Federal Reserve mais tarde.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,67%, a 436,57 pontos, e registrou seu terceiro dia consecutivo de ganhos. 

O índice registrou seu pior desempenho mensal em mais de um ano em outubro, prejudicado por preocupações com o crescimento econômico e com a permanência das taxas de juros mais altas por mais tempo.

No entanto, o que limitava os ganhos das ações era um aumento nos rendimentos dos títulos da zona do euro, antes do resultado de política monetária do Fed às 15h (de Brasília), em que é amplamente esperado que o banco central norte-americano mantenha suas taxas de juros inalteradas.

"Sempre há algum nervosismo antes de uma reunião do Fomc, já que sempre há a possibilidade de uma surpresa", disse Stuart Cole, economista-chefe de macroeconomia da Equiti Capital.

As ações do setor de varejo, subiram 1,7% e lideraram os ganhos setoriais, impulsionadas por um avanço de 3,6% na Next do Reino Unido, que elevou sua perspectiva de lucro para o ano inteiro pela quarta vez em seis meses.

As ações do setor de saúde também subiram 1,1%, com a Novo Nordisk, que tem forte peso no setor, em alta de 1,6% antes da divulgação de seus resultados em 2 de novembro.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,28%, a 7.342,43 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,76%, a 14.923,27 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,68%, a 6.932,63 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,88%, a 27.985,44 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,64%, a 9.075,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,06%, a 6.323,35 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes