Início de construções de moradias unifamiliares nos EUA tem leve alta em outubro

WASHINGTON (Reuters) - A construção de residências unifamiliares nos Estados Unidos aumentou marginalmente em outubro e a atividade pode permanecer moderada no curto prazo em meio a taxas de hipoteca mais altas, o que fez com que a confiança dos construtores caísse neste mês.

O início da construção de moradias unifamiliares, que representa a maior parte da construção de casas, aumentou 0,2% no mês passado, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 970.000 unidades, informou o Census Bureau do Departamento de Comércio nesta sexta-feira.

Os dados de setembro foram revisados para cima, mostrando uma taxa de 968.000 unidades, em vez de 963.000 informadas anteriormente.

Uma pesquisa realizada na quinta-feira mostrou que a confiança entre os construtores de residências unifamiliares caiu para uma mínima de 11 meses em novembro. A Associação Nacional de Construtores de Casas observou que muitos construtores continuam a reduzir os preços das casas para impulsionar as vendas, com as taxas de hipoteca mantidas acima de 7% desde meados de agosto.

A taxa da popular hipoteca fixa de 30 anos ficou em média em 7,79% no final de outubro, a mais alta desde novembro de 2000, de acordo com dados da agência de financiamento hipotecário Freddie Mac. Desde então, ela recuou após os dados deste mês que mostram arrefecimento do mercado de trabalho, e atingiu uma média ainda alta de 7,44% nesta semana.

O início de projetos habitacionais com cinco unidades ou mais saltou 4,9% em outubro, atingindo uma taxa de 382.000 unidades. Com um enorme estoque de moradias multifamiliares em construção e a taxa de vacância de aluguéis atingindo um pico de dois anos e meio no terceiro trimestre, há pouco espaço para grandes ganhos.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes