Ativos da Argentina sobem após eleição presidencial e feriado local

BUENOS AIRES (Reuters) - Os títulos soberanos da Argentina subiam nesta terça-feira, no início das negociações após a vitória do libertário Javier Milei nas eleições presidenciais de domingo e de feriado local na segunda, disseram operadores.

A dívida do governo subia 4,2% no mercado local, liderada por emissões denominadas em dólares, um dia depois que os títulos dispararam nos Estados Unidos diante de uma nova perspectiva econômica.

Enquanto isso, o risco país medido pelo JP Morgan caía 47 pontos-base, para 2.199 unidades, às 11h45 (horário de Brasília).

Uma inflação que pode ultrapassar 180% este ano, um grande déficit fiscal e reservas reduzidas no banco central são os principais problemas enfrentados pelo novo governo, que assumirá em dezembro.

(Reportagem de Walter Bianchi e Jorge Otaola)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes