Funcionários do Wells Fargo votam a favor de sindicalização

(Reuters) - Funcionários do Wells Fargo em sua filial de Albuquerque, no Novo México, votaram a favor de se juntar a um sindicato nesta quarta-feira, no mais recente movimento de sindicalização nos Estados Unidos.

Os funcionários do Wells Fargo votaram a favor de se unir ao sindicato Wells Fargo Workers United (WFWU), do Communications Workers of America, com uma votação de 5 a 3, informou o sindicato.

O voto é "um testemunho dos trabalhadores na indústria de serviços financeiros que sabem que precisamos de uma voz coletiva para melhorar o setor da qual fazemos parte", disse Sabrina Perez, banqueira sênior da filial do Wells Fargo em Albuquerque.

O Wells Fargo não respondeu imediatamente a um pedido da Reuters para comentar.

A votação histórica torna a instituição financeira sediada em São Francisco, na Califórnia, o primeiro grande banco dos EUA com um sindicato, marcando uma rara vitória para tais esforços em uma indústria que, em grande parte, tem sido imune a eles.

Os trabalhadores na filial do banco em Bethel, Alasca, estão programados para votar a campanha de sindicalização na quinta-feira. Funcionários na filial de Daytona Beach, na Flórida, também entraram com pedido de eleições sindicais.

(Reportagem de Bhanvi Satija, Niket Nishant e Jaiveer Shekhawat em Bengaluru)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes