Minério de ferro amplia perda com desaceleração de reabastecimento das usinas antes do feriado

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro caíram nesta terça-feira pela quarta sessão consecutiva, embora em um ritmo mais lento, já que as siderúrgicas da China, principal mercado consumidor do minério, permaneceram cautelosas com o reabastecimento antes do feriado em meio à fraca demanda de aço.

O contrato de maio do minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) da China reduziu parte de suas perdas anteriores, fechando o dia com queda de 0,25%, a 994 iuanes (138,82 dólares) por tonelada, após uma queda de 1,1% na segunda-feira.

O minério de ferro de referência para fevereiro na Bolsa de Cingapura também reduziu as perdas na sessão da tarde, caindo 0,11%, para 137,85 dólares por tonelada.

"Com a queda contínua na demanda por produtos de aço para construção, tanto os traders de aço quanto os consumidores de aço 'downstream' mostraram interesse limitado em reabastecer os produtos de aço, o que prejudicou o entusiasmo das usinas em reabastecer as matérias-primas", disseram analistas da Huatai Futures em uma nota.

No entanto, os analistas esperam apoio persistente de uma possível enxurrada de compras nas próximas semanas para sustentar a produção durante a semana de feriado do Ano Novo Lunar, juntamente com uma diferença de preço relativamente grande nos mercados à vista e futuro.

"O sentimento do mercado está obviamente mais fraco no momento, mas é provável que os preços se consolidem em um nível relativamente alto, uma vez que os fundamentos de oferta e demanda continuarão apertados", escreveram os analistas da Galaxy Futures em uma nota.

Uma desestocagem de minério de ferro nos principais portos será observada no primeiro semestre do ano, quando a oferta costuma ser limitada por fatores sazonais, disseram eles, acrescentando que será difícil ver um grande salto na oferta global no período.

(Reportagem de Amy Lv e Andrew Hayley)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes