Inflação argentina permanecerá em dois dígitos nos próximos meses - porta-voz do governo

(Reuters) - A taxa de inflação mensal da Argentina provavelmente permanecerá em dois dígitos nos próximos meses, disse o porta-voz da presidência, Manuel Adorni, na sexta-feira, depois que os dados mostraram que os preços ao consumidor no país aumentaram 25,5% em dezembro em relação ao mês anterior.

"A inflação permanecerá elevada", disse Adorni em uma coletiva de imprensa, acrescentando que os últimos números foram "horríveis", mas melhores do que alguns temiam. A inflação anual chegou a 200%, o nível mais alto desde o início da década de 1990.

(Por Gabriel Araujo)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes