PPSA inicia processo para venda de 3ª carga de 500 mil barris de petróleo do campo de Sépia

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Pré-Sal Petróleo (PPSA), estatal que representa a União nos contratos de partilha de produção no pré-sal, abriu nesta quarta-feira processo de venda direta para comercializar 500 mil barris de petróleo do campo de Sépia, na Bacia de Santos.

As propostas deverão ser enviadas em 21 de fevereiro, disse a PPSA em comunicado, pontuando que será a terceira carga do campo de Sépia a ser vendida pela União.

A primeira carga de Sépia, também de 500 mil barris, foi comercializada em agosto de 2022 pelo mesmo formato, tendo como vencedora a Galp Energia Brasil. Em julho do ano passado, outros 500 mil barris foram comercializados, também por venda direta, dessa vez para a Petrobras.

Este modelo tem sido adotado para a comercialização de cargas spot. Ainda este ano a empresa pretende realizar um leilão de grande porte para a comercialização de volumes maiores oriundos de vários contratos de partilha de produção, através de contratos de longo prazo, acrescentou a PPSA.

(Por Marta Nogueira)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes