Ações fecham em queda, com alta dos rendimentos de títulos e perdas da L'Oreal

Por Shristi Achar A e Shashwat Chauhan

(Reuters) - As ações europeias encerraram quase estáveis com uma ligeira baixa nesta sexta-feira, com os avanços do grupo de videogames Ubisoft e da marca de luxo Hermes sendo prejudicados pela queda dos papéis da L'Oreal, enquanto a alta dos rendimentos dos títulos públicos também exerceu alguma pressão.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou com variação negativa de 0,09%, a 484,83 pontos, embora tenha registrado uma alta de 0,2% na semana.

A L'Oreal caiu 7,6%, depois que a empresa francesa de cosméticos divulgou um crescimento de vendas abaixo do esperado no quarto trimestre.

O setor de bancos perdeu 0,3%, com o BNP Paribas em queda de 2% depois que o UBS rebaixou a instituição financeira francesa de "compra" para "neutro".

Pelo lado positivo, as ações do setor de saúde estiveram entre as que mais avançaram, ajudadas por uma alta de 9,7% na Coloplast, depois que a fabricante dinamarquesa de equipamentos médicos divulgou resultados melhores do que os esperados no primeiro trimestre.

As ações da Hermes subiram 4,8%, atingindo um recorde de alta depois que o fabricante da bolsa Birkin disse que aumentará ainda mais os preços, já que suas vendas superaram as dos concorrentes de luxo no final de 2023.

As ações da Ubisoft saltaram 13,8% depois que o grupo de videogames informou que as reservas líquidas do terceiro trimestre ficaram ligeiramente acima de sua previsão.

O setor de tecnologia da Europa continuou sua série de altas, avançando 1,2% no dia e elevando sua contagem de ganhos diários consecutivos para sete.

Continua após a publicidade

Prejudicando as ações durante o dia, o rendimento do título do governo alemão de dez anos subia pela terceira sessão consecutiva, ficando em 2,38%, conforme apostas de um corte antecipado da taxa de juros pelo Banco Central Europeu diminuíram depois que várias autoridades alertaram contra tal movimento. [GVD/EUR]

O setor de serviços públicos, muitas vezes considerado um substituto para os títulos, caiu 1,0%.

Os mercados monetários agora veem uma chance próxima de 48% de um corte nos juros em abril, tendo precificado totalmente tal movimento no final de janeiro [0#ECBWATCH]

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,30%, a 7.572,58 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,22%, a 16.926,50 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,24%, a 7.647,52 pontos.

Continua após a publicidade

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,30%, a 31.156,06 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,09%, a 9.896,60 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,22%, a 6.126,40 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes