Telefônica Brasil vai pedir licença "SCD" ao Banco Central

SÃO PAULO (Reuters) - A Telefônica Brasil deve pedir em breve uma licença para atuar como sociedade de crédito direto (SCD) junto ao Banco Central, em estratégia para avançar na oferta de serviços financeiros para sua base de milhões de clientes de telefonia no país.

"Vamos lançar a marca Vivo Pay nos próximos meses" para agregar serviços como seguros, crédito e cartão, afirmou o vice-presidente de estratégia e novos negócios da Telefônica Brasil, Ricardo Hobbs, durante apresentação da companhia a investidores e analistas nesta terça-feira.

"Vamos solicitar licença SCD ao Banco Central, que reduz a base de custo para servir ao cliente", disse o executivo.