Bostic, do Fed, diz que prevê primeiro corte na taxa de juros no 4º trimestre deste ano

(Reuters) - O Federal Reserve deveria adiar o início dos cortes em sua taxa básica de juros até o final deste ano, disse nesta quarta-feira o presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, ao manter sua opinião de que o banco central dos Estados Unidos só deve reduzir os custos dos empréstimos uma vez ao longo de 2024.

"Vimos a inflação se tornar muito mais irregular", disse Bostic em uma entrevista à emissora CNBC. "Se a economia evoluir como eu espero e se observarmos uma robustez contínua no PIB e no emprego, e um declínio lento na inflação ao longo do ano, acho que será apropriado começarmos a reduzir no final deste ano, no quarto trimestre."

(Reportagem de Lindsay Dunsmuir)