Bolsas

Câmbio

Ibovespa cai com pressão de mineradoras, siderúrgicas e Petrobras


O Ibovespa opera em queda nesta quarta-feira, afetado por notícias vindas da Ásia. O índice recuava 1,79% às 11h17, para 41.661 pontos, pressionado por ações de empresas ligadas a commodities.

Uma TV estatal da Coreia do Norte informou que o país testou com sucesso uma bomba de hidrogênio, o que amplia a aversão a risco no mundo. Além disso, fracos dados do setor de serviços na China, medidos pelo Caixin/HSBC, reforçam as preocupações crescentes sobre a economia e os mercados financeiros do país.

As ações das siderúrgicas e da Vale estavam entre as principais quedas do Ibovespa nesta quarta-feira. Bradespar PN cedia 5,89%, Gerdau Metalúrgica PN recuava 6,12%, Vale PNA perdia 4,75%, CSN tinha desvalorização de 4,09% e Usiminas PNA declinava 3,73%.

O minério de ferro voltou a cair hoje, demonstrando perda de fôlego depois de 12 altas consecutivas. Os preços do produto com concentração de 62% de ferro recuaram 0,5% no porto chinês de Qingdao, para US$ 42,91 a tonelada, segundo a "Metal Bulletin". Ontem, a commodity havia sofrido desvalorização de 2,8%, após forte avanço desde as últimas semanas de 2015.

As ações da Petrobras também registravam baixa. Petrobras PN recuava 2,99% e o papel ON caía 3,20%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos