Vendas de veículos recuam 21,3% em maio ante 2015, informa Anfavea

Balanço divulgado hoje pela Anfavea, entidade que representa as montadoras, mostra que as vendas de veículos no país recuaram 21,3% em maio, se comparadas ao volume apurado no mesmo período de 2015.

Frente a abril deste calendário, houve alta, de 2,8%, porque, embora o fluxo nas concessionárias tenha caído um pouco, maio teve um dia a mais de vendas, o que permitiu ao mês terminar com saldo positivo nessa base comparativa.

Entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, os brasileiros compraram 167,5 mil unidades no quinto mês de 2016, no pior maio do consumo de veículos em dez anos.

No acumulado do ano, as vendas mostraram queda de 26,6%, num total de 811,7 mil veículos emplacados até maio. Também num período de uma década não se via número tão baixo.

Este está sendo o quarto ano seguido de declínio nas vendas de veículos, cujo desempenho negativo, entre outra série de fatores, tem sido motivado pelo quadro de recessão econômica e falta de confiança dos consumidores.

Só no segmento de automóveis de passeio e utilitários leves, como picapes e vans, as vendas, na comparação anual, recuaram 20,9% em maio, para 162,3 mil unidades. Em relação a abril, houve aumento, de 2,9%.

As vendas de caminhões, de 4,1 mil unidades, caíram 32,2% em relação a maio de 2015 e 3% se comparadas a abril. Já as vendas de ônibus cederam 26,3% na comparação anual. No total, 1,1 mil coletivos foram vendidos em maio, alta de 16,3% em relação a abril.

Segundo o balanço da Anfavea, as importações responderam por 13,4% de todos os veículos comercializados em maio, acima dos 13,1% de abril.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos