Bolsas

Câmbio

Setor de serviços recua 4,5% em abril, aponta IBGE

O volume de serviços prestados no país caiu 4,5% em abril, na comparação com o mesmo período de 2015, informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a pela 13ª queda consecutiva e a maior para o mês desde o início da pesquisa, em 2012. No ano, o volume do setor recuou 4,9% e, em 12 meses, diminuiu 4,6%.

Todos os segmentos do setor ficaram no vermelho: serviços prestados às famílias (-3%), serviços de informação e comunicação (-3%), serviços profissionais, administrativos e complementares (-5,4%), transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (-6,5%) e outros serviços (-3,3%). O agregado especial das atividades turísticas registrou retração (-3,6%).

A queda do setor foi puxada pelo segmento de transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio, que representou quase metade (2 pontos percentuais) do recuo de 4,5%. Serviços de informação e comunicação (-1,1 ponto), serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,0 ponto) e serviços prestados às famílias e outros serviços (-0,2 ponto, cada), completam a lista.

O IBGE também informou que a receita nominal do setor de serviços cresceu 0,4% em abril, ante um ano antes, após retração de 0,4% em março e alta de 2% em fevereiro. A taxa acumulada no ano da receita nominal foi 0,5% e, em 12 meses, de 0,6%.
[module:valor_wysiwyg|src:sites/default/files/infograficos/Brasil/servicos/servicos_15062016_625.html|width:100%|height:625]

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos