Moody's rebaixa nota da Odebrecht Engenharia e Construção

  • Mike Segar/Reuters

A Moody's rebaixou nesta segunda-feira (22) os ratings da Odebrecht Engenharia e Construção (OEC) de "B2" para "B3", na escala global, e de "Ba2.br" para "B2.br", na escala nacional. As notas de crédito estão em revisão para corte adicional.

O rebaixamento reflete a percepção da agência de aumento do risco de crédito para a companhia devido à evolução do perfil de liquidez e riscos reputacionais, em meio às incertezas de negócios e um ambiente desfavorável para investimentos em infraestrutura na América Latina.

"Apesar da ampla experiência da OEC em construção e do sólido histórico de execução em complexos projetos de engenharia, a vantagem competitiva da companhia tem sido gravemente impactada pelas atuais alegações de corrupção", escreve a Moody's. O prolongado processo de investigação resultou em enfraquecimento na confiança dos investidores e menor disponibilidade de financiamento para os projetos do grupo.

Também pressionam os negócios da empresa as menores taxas de crescimento em investimentos em infraestrutura na América Latina, reflexo de incertezas políticas, limitações fiscais e tendências de preços mais baixos para commodities nos setores de metais e mineração e petróleo e gás. "Esperamos que essa situação se mantenha ao menos até 2017", antecipam os analistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos