Vice-ministro boliviano foi morto a pauladas por mineiros, diz governo

O vice-ministro do Interior boliviano, Rodolfo Illanes, foi morto a pauladas por mineiros que ocupam há três dias estradas na região central do país em protesto contra a prisão de dez colegas. A informação foi confirmada pelo governo da Bolívia no início da madrugada desta sexta-feira.

Illanes havia se deslocado até a região de Panduro para tentar negociar com os manifestantes, mas foi detido pelo grupo. Na tarde de quinta-feira (25), ele deu depoimento a uma rádio local e havia dito que não tinha sido maltratado, fazendo um apelo pela retomada das negociações.

Para outra emissora de rádio, um dirigente sindical do setor identificado como Agustín Choque havia dito que o vice-ministro não estava sequestrado, "apenas retido".

O clima entre governo e mineiros esquentou na quarta-feira, quando um dos manifestantes foi morto em confronto com a polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos