Bolsas

Câmbio

Mercado editorial encolhe em 2016, aponta Nielsen

O mercado editorial registrou no ano passado um faturamento de R$ 1,56 bilhão, o que representa uma queda nominal de 3,09% quando comparado a 2015. Considerando o volume, a redução foi de 10,8% para 39,4 milhões de exemplares, de acordo com dados da Nielsen, que fez o levantamento a pedido do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel).

O preço médio dos livros teve uma variação positiva de 8,69% para R$ 39,77 puxado, principalmente, pelas obras didáticas e infanto-juvenil.

"No ano passado, as pessoas preferiam priorizar a educação em detrimento do lazer. Com a crise, acredita-se que muitos preferiram se capacitar", disse Ismael Borges, coordenador da Bookscan, divisão da Nielsen que acompanha o mercado editorial.

No ano passado, os destaques de vendas foram obras voltadas para concursos públicos e na área de medicina e saúde, além do novo título da saga Harry Potter, da autora britânica J. K. Rowling.

Borges lembra que, em 2015, houve o fenômeno de vendas dos livros de colorir, que não se repetiu no ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos