Gafisa: Acionistas aprovam reorganização da Tenda, que voltará à bolsa

Em assembleia geral extraordinária realizada na manhã desta segunda-feira, os acionistas da Gafisa aprovaram o grupamento das ações da companhia na proporção de 13,483023074 para uma.A operação faz parte dos procedimentos necessários para a realização do processo de cisão da controlada Tenda.


Após a aprovação, a incorporadora passa de 378,1 milhões de ações ordinárias para 28 milhões de papéis. O procedimento também compreende os recibos de ações da companhia negociados nos Estados Unidos. Os acionistas têm até 21 de março para ajustar suas posições em linha com os múltiplos.


Depois da decisão, a companhia realizou uma segunda assembleia extraordinária, que aprovou uma redução de capital e o direito de preferência dos acionistas no processo de cisão da Tenda.


A redução do capital da Gafisa será de R$ 219,5 milhões, sem cancelamento de ações, entregando-se aos acionistas da companhia uma ação da Tenda para cada papel da Gafisa pós-grupamento, no total de 27 milhões de papéis ordinários, correspondentes a uma fatia de 50% da controlada.


Com relação à fatia remanescente de 50%, os acionistas poderão exercer direito de preferência na aquisição da participação, a um preço de R$ 8,13 por ação.


A operação faz parte do acordo realizado em dezembro com a Jaguar Real Estate Partners, que concordou em adquirir uma fatia entre 20% e 30% da Tenda, também a R$ 8,13 por ação.No entanto, caso após o exercício do direito de preferência dos acionistas restar uma participação menor do que 20% da Tenda, a gestora pode não exercer a opção.


Após o encerramento de todos os procedimentos de grupamento e direito de preferência, cujo prazo vai até 15 de abril, as ações da Tenda voltarão a ser negociadas na BM&FBovespa.


A incorporadora, voltada para o segmento popular, havia tentado reabrir o capital com uma oferta pública de distribuição secundária no segundo semestre do ano passado, mas acabou cancelando a operação e aceitando a proposta de investimento da Jaguar.


Com a mudança no formato, os acionistas da Tenda, em assembleia geral realizada após os encontros de sua controladora, aprovaram a adesão ao segmento tradicional da BM&FBovespa. Antes do cancelamento da oferta secundária, a Tenda pretendia ser listada no Novo Mercado, segmento máximo de governança da bolsa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos