Bolsas

Câmbio

Murilo Ferreira: Novo acordo da Vale é "oportunidade histórica"

O diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira, disse nesta segunda-feira (20) que a nova proposta de governança da companhia alinha a mineradora com as melhores práticas de governança a e criação de valor.

"Estamos diante de oportunidade histórica para a Vale, um marco como foi a privatização, há 20 anos", disse o executivo, durante teleconferência sobre o tema, com investidores.

Segundo ele, o acordo é um convite que os controladores fazem ao mercado de capitais.

Ferreira destacou que, ao longo dos últimos anos, "muito se especulou" sobre a renovação do acordo da Valepar e que, durante as negociações, os sócios demonstraram que o interesse da companhia "devia prevalecer sobre o interesse individual dos controladores".

"A reestruturação trará ganhos maiores que as acomodações relativas de curto prazo", completou o executivo.

Ferreira explicou, ainda, que a conversão das ações PN em ONs, a reforma do estatuto e a incorporação da Valepar na Vale são operações interdependentes.

Variação

Segundo Ferreira, é "absolutamente normal" a variação de preços das ações ON e PN nos próximos dias, após o anúncio do novo acordo de governança da companhia.

O executivo explicou que a operação de conversão de ações prevista no acordo é voluntária, mas que, a depender da situação, a companhia poderá transformá-la em mandatória.

O diretor-executivo de Finanças e Relações com Investidores da companhia, Luciano Siani, por sua vez, explicou que a conversão de ações será votada em assembleia e que a relação da troca de ações foi feita com base na cotação das ações nos últimos 30 dias.

Ele explicou, ainda, que durante a assembleia os acionistas sócios da Valepar não exercerão seu direito de voto.

"Depois [da assembleia], abre-se uma janela de 45 dias para verificar adesão de 54% dos preferencialistas", disse o diretor. "Se adesão à proposta for de 54% dos preferencialistas, atuais controladores da Vale passarão a deter menos de 50% do capital da companhia", complementou.

O acordo da Vale, cuja minuta constitui anexo ao Acordo Valepar apresentado hoje, vinculará somente 20% do total de ONs da Vale e terá vigência até 9 de novembro de 2020, sem previsão de renovação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos