Bolsas

Câmbio

Parte sanitária foi esclarecida e não há risco para saúde, diz Furlan

Luiz Fernando Furlan, conselheiro da BRF, afirmou não ter conhecimento do impacto da Operação Carne Fraca sobre a companhia. "Eu não tenho conhecimento disso. E também não sou porta-voz da empresa", disse, após reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.


Furlan ressaltou que a operação está sendo tratada no âmbito do Ministério da Agricultura. "A parte sanitária acho que, em grande parte, já foi esclarecida pelo ministro [da Agricultura, Blairo Maggi]. Não há grandes problemas. Não há risco para a saúde pública", disse Furlan, que citou a investigação sobre desvios de conduta e afirmou esperar que o caso seja efetivamente apurado.


Ele tem uma reunião marcada esta tarde com o ministro da Agricultura. Segundo o conselheiro da BRF, o propósito do encontro é agradecer o ministro por seu empenho após a deflagração da Operação Carne Fraca.


"Vou agradecer pelo excelente empenho que ele [o ministro] teve , liderando uma reação rápida, conseguindo reabrir mercados internacionais porque, como sabe, a atividade do setor é muito relevante no interior do Brasil e também para a balança comercial brasileira", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos