Bolsas

Câmbio

Balança tem superávit de US$ 1,8 bilhão na terceira semana de maio

A balança comercial registrou superávit de US$ 1,824 bilhão na terceira semana de maio, informou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).


O saldo positivo no período resulta de exportações de US$ 4,758 bilhões e importações de US$ 2,933 bilhões. Desta forma, a balança acumula superávit de US$ 4,854 bilhões no mês e US$ 26,225 bilhões no ano.


A média diária de exportações acumulada em maio cresceu 11,4% na comparação com o mesmo mês de 2016 para US$ 932,1 milhões. O avanço foi impulsionado pelas três categorias de produtos, que ampliaram suas vendas no período.


O embarque de básicos cresceu 18,1% para US$ 466,5 milhões, em média por dia, por conta, principalmente, de petróleo em bruto, minério de ferro, soja em grão, minério de cobre e milho em grão. As exportações de semimanufaturados avançaram 15,6% para US$ 125,4 milhões, puxadas por celulose, semimanufaturados de ferro e aço, açúcar em bruto, couros e peles e zinco em bruto. As vendas de manufaturados por sua vez subiram 1,2% para US$ 320,2 milhões, em função de automóveis de passageiros, açúcar refinado, suco de laranja congelado, aviões e óxidos e hidróxidos de alumínio.


A média diária de importações em maio, até a terceira semana, cresceu 10,4% para US$ 585,3 milhões. Nesse comparativo, cresceram os gastos, principalmente, com bebidas e álcool (257,2%), cereais e produtos da indústria da moagem (65,7%), combustíveis e lubrificantes (47,8%), equipamentos elétricos e eletrônicos (24,7%) e veículos automóveis e partes (15,1%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos