Bolsas

Câmbio

Dólar tem recuo moderado e sai a R$ 3,32 em meio à cautela

O dólar opera em baixa nesta quarta-feira, mas seguem as preocupações dos investidores em torno da agenda de reformas do governo. A derrota da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado na terça-feira não determina o fracasso da aprovação da medida, mas eleva as incertezas entre os investidores e resulta em maiores prêmios de risco no mercado.


Por volta das 9h50, o dólar comercial recuava 0,36%, cotado a R$ 3,3201. Na mínima, a divisa tocou R$ 3,3151.


O contrato futuro para julho, por sua vez, caía 0,27%, a R$ 3,3260.


A reforma trabalhista segue tramitação normal no Senado. Hoje, será lido na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) o relatório de Romero Jucá (PMDB-RR) sobre a proposta. A votação no colegiado está prevista para a próxima quarta. Com isso, a proposta chega à terceira comissão, tendo sido aprovada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) no começo do mês e rejeitada ontem na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).


Depois das análises nos grupos, a medida segue para a apreciação no plenário da Casa. A leitura é de que ainda há espaço para aprovação. No entanto, o revés na CAS do Senado sinaliza um caminho complicado, na avaliação do mercado, para o avanço da agenda de reformas, principalmente a da Previdência.


O ambiente de incertezas é alimentado pelos processos na Polícia Federal (PF) e na Justiça. Entre os pontos de atenção, o relatório preliminar da PF aponta que foram encontradas "evidências" de crime de corrupção passiva pelo presidente Michel Temer e seu ex-assessor especial Rodrigo Rocha Loures, ex-parlamentar preso preventivamente em Brasília. A avaliação faz parte da investigação contra Temer no STF.


Hoje, como aponta o Valor, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve manter a validade da delação de executivos da JBS, inclusive a homologação do acordo pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava-Jato na Corte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos