Bolsas

Câmbio

Moro nega pedido para incluir testemunhas de Lula em ação do tríplex

Em despacho tornado público nesta terça-feira, o juiz federal Sergio Moro indeferiu pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que sejam anexados ao processo do tríplex no Guarujá os depoimentos de 12 testemunhas de defesa ouvidas na semana passada no outro processo que tem o petista como réu em Curitiba, que trata da compra de um terreno para o Instituto Lula pela Odebrecht.


"A instrução já se encerrou faz tempo, as alegações finais foram apresentadas e o processo está concluso para sentença. Descabe o pretendido nessa fase e os depoimentos referidos sequer são relevantes para o julgamento da presente", justificou o juiz, ao indeferir o pedido.


Na prática, isso significa que o processo segue em sua tramitação normal. A próxima etapa é a sentença do juiz, que pode sair a qualquer momento --será a primeira contra Lula em processo decorrente da Operação Lava-Jato.


O pedido havia sido anexado na segunda ao processo. A justificativa dos advogados para o pedido é que "nos autos da ac?a?o penal conexa [sobre o terreno para o Instituto Lula] foram produzidas provas testemunhais que demonstram diversas inconsiste?ncias das hipo?teses acusato?rias comuns a? acusac?a?o desta ac?a?o penal [sobre o triplex]".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos